CURSOS APROVADOS E CONFIRMADOS GENÉTICA 2018

1. Introdução à técnica de CRISPR 

Tiago Campos Pereira, FFCLRP/USP, Ribeirão Preto, SP

Ementa: CRISPR é uma técnica recente de biologia molecular que permite a manipulação de genes e genomas de uma maneira relativamente simples, rápida, barata e eficaz. Esta ferramenta possibilita a edição precisa da informação genética, o nocauteamento de genes, a remoção e inserção sítio-específica de sequências de DNA. Adicionalmente, versões modificadas da técnica permitem também: (a) o controle da expressão gênica (ativação e repressão transcricional), (b) marcação do DNA, (c) clivagem de RNAs, (d) mapeamento genético, (e) rastreamento de RNAs e (f) edição de bases.
O imenso potencial científico, biotecnológico e terapêutico desta técnica levou a revista Science a considerá-la o Breakthrough de 2015. 
Durante este curso veremos alguns aspectos básicos e centrais da CRISPR como ferramenta de edição genética: (i) histórico, (ii) mecanismos moleculares de ação; (iii) moléculas utilizadas, (iv) formas de obtenção de Cas9 e guide RNAs, (v) principais sistemas e estratégias para aplicação de CRISPR; (vi) controles experimentais e (vii) formas de análise.


 

2. Evolução e a previsibilidade nas ciências da vida?

Claudia Augusta de Moraes Russo, IB/UFRJ, Rio de Janeiro, RJ

Ementa: Conhecimento científico e previsibilidade. Diversidade biológica e diversificação. Previsibilidade em Biologia e a história evolutiva das linhagens. Importância da Sistemática Filogenética e a construção do conhecimento biológico.


 

3. Reparo de DNA

Nadja C. de Souza Pinto, IQ/USP, São Paulo, SP

Ementa: Em breve


 

4. Investigação forense de vínculos genéticos

Celso Teixeira Mendes Junior, FFCLRP/USP, Ribeirão Preto, SP

Ementa: Desde que a técnica de DNA fingerprinting foi empregada pela primeira vez nas investigações relacionadas ao estupro e assassinato de duas adolescentes inglesas, a Genética Forense experimentou grandes avanços teóricos e tecnológicos. O desenvolvimento de diversas técnicas, como PCR e NGS, tornaram possível a análise de marcadores genéticos polimórficos em pequenas quantidades de material biológico depositado nas cenas de crimes. No Brasil, a Rede Integrada de Bancos de Perfis Genéticos foi formalizada em 2013 e passou a armazenar perfis genéticos derivados de vestígios coletados em locais de crime e de indivíduos condenados e identificados criminalmente. Além de possibilitar a identificação individual, polimorfismos genéticos vêm sendo utilizados com o intuito de predizer ancestralidade e fenótipos morfológicos. O presente curso abordará os seguintes aspectos relacionados à prática forense:

  1. Genética Forense: fundamentos teóricos e aplicações gerais
  2. Polimorfismos genéticos e identificação humana
  3. Análises estatísticas básicas empregadas em cálculos forenses
  4. Predição de ancestralidade e fenótipos morfológicos à partir da análise de DNA
  5. Rede Integrada de Bancos de Perfis Genéticos (RIBPG)

 

5. Estudo de Diversidade Microbiana por Next Generation Sequencing

Guilherme Mendes, Illumina do Brasil

Ementa: Em breve


 

6. Genética Geográfica em R

José Alexandre Felizola Diniz, ICB/UFG, Goiânia, GO

Ementa: Apresentar as principais técnicas para análise estatística de dados espaciais aplicadas à genética populacional, com scripts para ambiente R. Os tópicos a serem abordados incluem: 1) padrões espaciais de variabilidade genética e processos microevolutivos; 2) Estrutura populacional e conectividade espacial; 3) Testes de Mantel e Mantel parcial; 4) Autocorrelação espacial; 5) Análise Multivariada de Correlação Espacial; 6) Regressão Espacial; 7) Descontinuidade e barreiras ao fluxo gênico. 

Bibliografia Básica Recomendada 
Epperson BK. 2003. Geographical genetics. Princeton: Princeton University press.
Fortin M-J, Dale MRT. 2005. Spatial Analysis: A Guide for Ecologists. Cambridge: Cambridge University Press.
Legendre P, Legendre L. 1998. Numerical Ecology, 3rd ed. Amsterdam: Elsevier.
Manly BFJ. 1997. Randomization, Bootstrap, and Monte Carlo Methods in Biology. London: Chapman and Hall.


7. Introdução à bioinformática genômica e pós-genômica

 

Glória Regina Franco, UFMG, Belo Horizonte, MG

Ementa: Em breve